quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Resenha: Como trair o herói de um dragão da Cressida Cowell

Finalmente tive tempo pra vir aqui e escrever e postar pra vocês a resenha do livro Como trair o herói de um dragão da Cressida Cowell que eu tinha prometido a tanto tempo que fiquei até com vergonha de estar postando agora mais meu notebook está quebrado e tenho que me virar indo pra lan-house mais enfim vamos a tão esperada resenha.
Pra começar quero deixar bem claro que não li os outros 11 livros (pulei mesmo) e o único choque que tive foram as diferenças de alguns dos personagens da série da Dreamwork com os encontrados no livro, mais dá pra acompanhar sem se perder tanto. A linguagem da autora é super leve por isso a leitura flui muito rápido, pela escrita e pela edição com imagens é um livros pra se ler em um dia (ou algumas horas).
A minha lista de dragões preferidos ganhou mais um,o Porco-voador me conquistou totalmente. Tá ok ele é um pouquinho burrinho mais suas frases e ações sem sentido tipo latir mesmo sem ser um cachorro(risos) me encantaram acho que fez ele parecer mais fofo e amável.

“Cocegas de aniversário...hora de banho...segue o amendoim...”

Minha opinião sobre os vilões é que a bruxa pode ser até má mais ela até que é engraçada e imaginei o Alvin como um bebezão que faz tudo o que a mãe dele pede achei ele muito influenciável.
Não tenho como falar de Melequento sem dar (mais) spoilers então essa frase basta.
Como falei no começo alguns personagens do livro se chocam ou se perdem nos filmes (ou vice-versa), por exemplo Astrit no filme é a Camicazi no livro acho que perdeu o charme viking do nome, Melequento é primo de soluço não lembro se tem isso nos filmes mais fiquei surpresa quando li (se foi spoiler desculpas), gente cadê os gêmeos Cabeça-dura e Cabeça-quente? Alguém ai sabe o que aconteceu com eles?
Bom depois de ler Como trair o herói de um dragão me deu vontade de ler os outros 11 livros então chegamos ao final dessa resenha como é a primeira que eu faço não me “xiguem” (por favor) deixem dicas para que eu melhore minhas futuras resenhas e não esqueça de nos segui aqui no blog e no nosso instagram @acheiandrabisquei.
“Ah,pelo amor de Thor...”
“Eu sei que sou um herói...e um herói é...Eterno”
“O processo de testar a espada pode fortalecê-la ou destruí-la. O mesmo poderia ser dito sobre a formação de um herói”tiradas do livro.   










*Frases e citações tiradas do livro e imagens do google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Template by BloggerCandy.com | Header Image by Freepik